Categories: Dicas

4 Plataformas Preferíveis para Produzir conteúdo em 2020

Se estava na dúvida de qual plataforma escolher no meio de tantas pode ficar tranquilo porque aqui você vai ficar esclarecido. Vamos apresentar todos os pontos positivos e negativos de cada uma para conseguir escolher a sua preferida.

Quanto mais popularidade tem uma plataforma, maior é a concorrência dentro da mesma mas isso já era o esperado. As empresas que tem dominado mais o mercado atualmente tem sido a Facebook e o YouTube, deixando assim a Twitch em segundo plano, mas fica tranquilo porque tem como você se beneficiar no meio desta rivalidade.

Uma forma de atraírem audiência é por meio da diversificação do conteúdo e da inovação de funcionalidades, tanto para o streamer como para o visualizador.

Portanto, vamos deixar para vocês os pontos cruciais de cada uma para você tirar as suas próprias conclusões.

As plataformas que recomendamos são as seguintes:

  • YouTube
  • Facebook Gaming
  • Twitch
  • Mixer

1- YouTube

Em primeiro lugar temos o YouTube, fundado em 2005 é de onde a Google retira grande parte da sua fatia no mercado que a tendência é o seu crescimento ao longos dos demais anos.

Para conseguir monetizar o seu conteúdo dentro da plataforma você precisa de atingir uma meta de horas visualizadas como de subscritores para assim se auto propor para o programa de parceiros do YouTube.

Vantagens:

  • Grande visibilidade;
  • Plataforma resistente;
  • Fácil utilização.

Desvantagens:

  • Não existem muitas personalizações;
  • Monetização com regras apertadas;
  • Várias reclamações da comunidade.

Existem outras plataformas dedicadas a streamers?

A resposta é sim, mas plataformas como a NimoTV ou a Nonolive, porem estas os streamers não sentem tanta confiança ao utilizar as mesmas devido aos determinados problemas que acabam por ocorrer, como é o caso da falta de sinceridade, o apoio aos utilizadores não é o melhor, entre outras…

Então pense bem antes de se aventurar numa destas novidades no mercado pois as coisas podem não correr bem como você estava esperando num futuro próximo.

2- Facebook Gaming

Em segundo lugar, esta tem sido uma das que se tem destacado bastante nos últimos tempos, sim o Facebook Gaming por ser uma escolha favorável para os streamers de jogos.

Através de investimentos, contratos com streamers de sucesso, melhora da qualidade de streaming, entre outras novidades a plataforma tem alcançado bastante tráfego e a previsão é a sua expansão continuar nos próximos anos.

Para conseguir gerar receita no Facebook Gaming existem as seguintes possibilidades:

  • Cadastrar no programa de parceria “LevelUP” e ganhar Facebook Stars, que são os famosos Bits da Twitch que consequentemente vai conseguir trocar por dinheiro;
  • Subscrições pagas no seu canal;
  • Conteúdos Patrocinados;
  • Propaganda.

Vantagens:

  • Consegue juntar uma rede social e uma plataforma de entretenimento em uma só;
  • Qualidade de streaming bastante boa;
  • Grande costumização em termos de features.

Desvantagens:

  • Pouco reconhecida;
  • Número de visualizadores baixo;
  • Encontra-se em desenvolvimento.

Veja também:

3- Twitch

Certamente esta é uma das mais conhecidas por ser focado apenas em streaming e não em vídeos como algumas concorrentes. Ultimamente tem conseguido números que tem colocado os investidores espantados como podem visualizar neste gráfico:

Além disso, como podem observar a Twitch domina em termos de horas assistidas comparativamente com o YouTube e o Mixer, o que é um bom ponto de investimento para as marcas.

Como resultado, você pode esperar já uma grande concorrência porque sim é algo que existe em qualquer plataforma reconhecida.

Existem 3 géneros de streamers dentro da Twitch:

  • Streamers normais: Iniciantes que chegaram à pouco tempo a esta plataforma e ainda se encontram numa situação onde a sua visibilidade é baixa e não possuem um grande número de seguidores.
  • Streamers afiliados: Ao atingir os marcos definidos pela twitch você consegue ter a chance de virar afiliado. Os afiliados ganham dinheiro através de propagandas exibidas durante os seus eventos ao vivo. Além disso pode começar a receber donativos dos seus seguidores e sempre tem mais algum lucro para o seu bolso.
  • Parceiros da Twitch: Os parceiros são streamers que são selecionados pela própria empresa para representar a mesma tanto em eventos como na própria imagem da plataforma. Estes possuem um alto número de publico e divulgação por parte da própria empresa mesmo. Este é a patente mais alta que vai conseguir alcançar dentro do mundo da twitch.

Vantagens:

  • Número de espetadores elevado;
  • Visibilidade aumentada.

Desvantagens:

  • Concorrência pode ser alta;
  • Qualidade reduzida no que toca a transmissões.

4- Mixer

Portanto, esta plataforma é da Microsoft e possui conteúdos bem variados para todos os gostos. Aqui por padrão não se costuma encontrar o conteúdo que usualmente se vê em outras plataformas criados pelas comunidades. Por exemplo, um dos pontos positivos que se destaca no Mixer é o seu delay de live pequeno com menos de 1 segundo.

Além da concorrência que não é muito grande dentro dela.

Ou seja, para começar o evento ao vivo vai precisar de uma chave de transmissão que quando colocada no gravador e iniciada a livestream os espetadores são notificados.

Como funciona a sua monetização?

Esta é bastante similar à do Facebook Gaming:

  • Possui subscrições pagas;
  • Moeda da plataforma (Sparks);
  • Customizações no seu canal.

No caso de querer conseguir uma parceria com empresa vai ter obedecer aos seguintes quesitos:

  • Ter pelo menos 2 mil seguidores;
  • Conseguir 25 horas de streaming no seu ultimo mês;
  • Ter 18 anos ou mais;
  • Obedecer a todas as regras e termos de serviço da mesma.

Por outro lado, algo que tornou esta plataforma ainda mais conhecida foi quando a mesma conseguiu trazer um streamer famoso para produzir conteúdo dentro dela, o nome dele é Ninja.

Vantagens:

  • Pouca competição;
  • A empresa está em ascensão;
  • Delay abaixo de 1 segundo.

Desvantagens:

  • Poucos visualizadores;
  • Precisa de uma configuração avançada para programar o evento ao vivo;
  • Pode causar inseguranças devido a ser nova no mercado.

Gostou das dicas? Em suma qual a sua opinião sobre as plataformas citadas acima? Deixa um comentário a sua opinião porque nós estamos curiosos para saber o que acharam.

Afonso Alves

Recent Posts

Discover the ways in which you can earn V-Bucks in Fortnite: Battle Royale

Usually games that are free as is the case with Fortnite: Battle Royale, in order…

3 horas ago

Garena es Regalando Códigos En Free Fire (2020)

Free Fire actualmente tiene la Copa América con todos los grandes equipos competitivos y para…

2 meses ago

Saiba como conseguir acesso ao servidor avançado no free fire! (em 2020)

A Garena liberou para publicamente no dia (30/01) o download do Servidor Avançado que supostamente…

2 meses ago

Existem 2 maneiras de você conseguir formar salas personalizadas no Free Fire!

Certamente como todos sabem, as salas personalizadas permitem os jogadores do Free Fire criarem partidas…

3 meses ago

Qual o melhor HUD e sensibilidade para jogar Free Fire em 2020?

No Free Fire: Battlegrounds, a sensibilidade está relacionada com a movimentação do jogador, ou seja,…

4 meses ago

Se não quer ter sua conta suspensa no Free Fire jamais faça estas práticas

Portanto, como todos sabemos o nosso Free Fire: Battlegrounds é um jogo gratuito do estilo…

4 meses ago